segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Pedaço de palavra

Tenho um pedaço
De palavra tão só;
Tantas vezes repetida
Outras vezes escorraçada
Pelas entranhas da vida.
Trazida a tempo
Por um bom-vento
Em minha mão amarrada.
Presa por uma lança
Sem nunca perder
O dom da palavra,
Essa que é a larva
Que esparrama bonança,
De nove letras formada,
Que veste a espada
E comanda a vida.
Por vezes afastada,
Depois dividida,
Mas muito desejada…

É no Mundo a” Esperança.”

Cecília Rodrigues

Réplica ao poema de Augusta Franco_tenho este cansaço
Postar um comentário